VT Pass - Gestão de Vale Transporte

Cartão Vale Tranporte - Sodexo VT Pass

Conheça o Serviço VT Pass - O Vale Transporte da Sodexo

Oferecer o vale-transporte é obrigatório por lei e o Sodexo VT Pass é a melhor forma de administrar esse benefício para seus colaboradores. Garantimos a gestão do vale-transporte e sua empresa facilita o acesso ao transporte público para seus funcionários, seja através de metrô, ônibus ou trem.

Vale Transporte Sodexo - Centralização

Centralização

Todos os pedidos e pagamentos em um único fornecedor.

 
Vale Transporte Sodexo - Processos e serviços online

Processos e serviços online

Pedidos, acompanhamento e relatórios online.

 
Vale Transporte Sodexo - Atendimento especializado

Atendimento especializado

Central de Atendimento para apoio à sua empresa na implantação e solução de dúvidas.

 
Vale Transporte Sodexo - Portal VT Pass News

Portal VT Pass News

Atualização sobre tarifas e demais particularidades das operadoras de transporte. Acesse www.vtpassnews.com.br.

 
Vale Transporte Sodexo - Mais vantagens

Mais vantagens

Sua equipe com acesso a descontos, promoções e muitas outras vantagens. Conheça www.sodexoclub.com.br.

 

 

Garantir o deslocamento entre casa e trabalho e vice-versa é um direito dos trabalhadores e a Sodexo auxilia sua empresa na concessão deste benefício.

O VT Pass é um serviço de gestão e administração do benefício de vale-transporte em que a Sodexo faz a intermediação da compra, separação dos vales em papel, processamento de cartões, manuseio, envelopamento e entrega dos produtos, de acordo com as necessidades da sua empresa.

Uma forma prática e segura para seus colaboradores.

 

 

1) Qual a Lei que instituiu o vale-transporte?
 
O vale-transporte foi instituído pela Lei nº. 7.418, de 16 de dezembro de 1985, com a alteração da Lei nº. 7.619, de 30 de setembro de 1987. Tem caráter obrigatório e é estendido a todas as categorias de trabalhadores.
 
2) As empresas são obrigadas a fornecer vale-transporte aos funcionários?
 
Sim. Desde que as empresas não forneçam meios próprios ou contratados, em veículos adequados ao transporte coletivo, como por exemplo, ônibus fretados, ou que o funcionário opte em não receber o vale-transporte, as empresas são obrigadas a fornecer o benefício a todos os empregados, inclusive terceiros na quantidade estritamente necessária para o deslocamento do empregado no trajeto casa - trabalho e vice-versa. O vale-transporte é uma obrigação instituída em Lei.
 
3) Qual a distância mínima para o fornecimento do vale-transporte?
 
Não existe informação prevista em Lei sobre a distância mínima para o fornecimento de vale-transporte.
 
4) O vale-transporte pode ser fornecido em dinheiro, combustível ou qualquer outra modalidade de pagamento?
 
Não, conforme previsto em Lei "é vedado ao empregador substituir o vale-transporte por antecipação em dinheiro ou qualquer outra forma de pagamento, salvo se houver falta ou insuficiência de estoque de vale-transporte pelas Operadoras". O valor pago em dinheiro terá incidência de impostos, pois é considerado salário, mesmo com a solicitação expressa do funcionário e o recibo assinado.
 
5) É necessária a comprovação pela empresa da opção ou não do vale-transporte pelo funcionário?
 
Sim, a empresa necessita manter documentado e assinado a opção do funcionário pelo recebimento ou não do vale-transporte.
 
6) O vale-transporte será custeado somente pela empresa?
 
Não. O empregado e empregador custearão o valor utilizado com o benefício.
 
• O funcionário custeará 6% do seu salário básico, até o limite total utilizado de vale-transporte.*
 
• A empresa custeará o que exceder com o deslocamento.
 
Exemplo:
 
• Salário-base do funcionário: R$ 1000,00
 
• Solicitação de vale-transporte do funcionário: R$ 100,00
 
• 6% do salário: R$ 1000,00 x 6% = R$ 60,00
 
• Empresa paga o que exceder: R$ 100,00 - 60,00 = R$ 40,00.
 
*Para o exemplo acima, caso a parcela do funcionário excedesse os R$ 100,00 gastos com o vale-transporte, a empresa deduziria somente os R$ 100,00.
 
7) O funcionário pode receber o vale-transporte e utilizar outro meio de locomoção que não o transporte público, como por exemplo, carona, bicicleta, veículo próprio?

Não. Este ato poderá qualificar justa causa, conforme previsto em Lei. Se o funcionário possui e/ou utiliza outros meios de locomoção, não tem direito ao vale-transporte. Neste caso deve informar a empresa a opção de não recebimento do benefício.
 
8) É necessário fornecer o vale-transporte em período de férias, licença médica ou faltas?

Não. O vale-transporte deve ser utilizado somente para o deslocamento casa-trabalho e vice-versa, na quantidade estritamente necessária. Desta forma, nestes períodos não será necessário fornecer o benefício. Em caso de faltas, o benefício poderá ser devolvido ou deduzido no mês subsequente.
 
9) O que são “Taxas de Repasse”?

Taxas de repasse são taxas cobradas por algumas operadoras de transporte para conceder o benefício em cartões. Estas taxas serão repassadas ao Cliente RH. A forma de cobrança destas taxas poderá variar de acordo com a operadora de transporte.
 
As taxas poderão ser um percentual (%) sobre o volume de vales-transporte, em reais (R$) de acordo com o valor das tarifas dos bilhetes, tabela flutuante em reais (R$) de acordo com o volume ou número de funcionários, tabela em percentual (%) de acordo com o volume ou número de funcionários e suas combinações. Vide item 4.1 deste manual.
 
10) O que é Documentação Obrigatória? Onde posso encontrá-la?
 
Algumas operadoras de transporte exigem que contratos, autorizações, dentre outros documentos, firmados diretamente entre a operadora e o cliente RH, para o fornecimento do vale-transporte. O detalhamento destes documentos está disponível no VT Pass News: www.vtpassnews.com.br, na pasta “Documentação Obrigatória”, documento 001. A documentação por operadora está ordenada com o respectivo código da operadora. 
 
11) Os bilhetes e cartões de vale transportes são produzidos pela Sodexo?
 
Não, o cliente faz o pedido de forma centralizada e a Sodexo se encarrega da compra, do envelopamento por funcionário e da entrega dos vales transportes nas modalidades cartão e/ou papel. Muitas vezes para apenas um pedido é necessário o envolvimento de “N” empresas operadoras de VT (bilhetes e cartões). A Sodexo possui larga experiência no segmento e media toda esta operação, minimizando os possíveis e eventuais contra tempos, sendo assim possuímos o maior índice de satisfação do mercado neste produto.
Instituída em de 16 de dezembro de 1985, a Lei n° 7.418 e sua alteração n° 7.619, de 30 de setembro de 1987, garantem o direito de ir e vir do trabalhador. Conheça os principais pontos da Lei:
 
  • Benefício que o empregador deve disponibilizar ao trabalhador para utilização no deslocamento residência-trabalho e vice-versa. 
     

  • Isento da obrigatoriedade apenas o empregador que proporcionar o deslocamento do trabalhador por meios próprios ou contratados.
     

  • É vetado substituir o vale transporte por dinheiro ou qualquer outra forma de pagamento. 
     

  • A aquisição será feita antecipadamente e à vista e limitada à quantidade estritamente necessária ao atendimento dos beneficiários.
     

  • O vale transporte não poderá ser pós-pago. A aquisição será feita antecipadamente e à vista.

     
  • Não tem natureza salarial.

     
  • O Vale Transporte poderá ser custeado pelo beneficiário, na parcela equivalente a 6% (seis por cento) de seu salário básico.

     
  • O valor efetivamente pago e comprovado pelo empregador,  poderá ser deduzido como despesa operacional, na determinação de lucro real. 
 
Central de Vendas Sodexoc 4004-4946
(capitais e regiões metropolitanas)

0800 727 2233
(outras localidades)

Funcionamento: de 2ª a 6ª, das 9h às 18h
Central de Relacionamento para Empresas 4003-7633
(capitais e regiões metropolitanas)

0800 880 7633
(outras localidades)

Funcionamento: de 2ª a 6ª, das 08h30 às 17h30

Resultados para empresas

  • Redução de absenteísmo

    Os serviços de qualidade da vida da Sodexo Benefícios e Incentivos reduzem o absenteísmo em 47% das empresas.

  • Segurança no transporte

    Ao receber o vale transporte, os colaboradores têm um meio seguro de ir e vir do trabalho.

  • Retenção de talentos

    O VT Pass é uma das soluções da Sodexo que ajuda a reduzir em 40% o presenteísmo nas empresas.

Serviços SodexoEncontre serviços de qualidade de vida utilizando os critérios abaixo