Filtrar
Institucional

Mulheres têm acesso limitado a cargos de gestão e pedem planos pra conciliar trabalho e vida pessoal

10/03/17 14:39

Levantamento da Sodexo mostra que 53% das mulheres tem poucas chances pra assumir cargos de gestão nas empresas e 88% afirmam que as companhias não oferecem programas para conciliar trabalho e família

São Paulo, março de 2017 – Apesar de representarem a maioria da população e da classe trabalhadora brasileira, 53% das mulheres consideram que as empresas em que trabalham não oferecem meios para ampliar a promoção feminina a cargos de gestão, segundo levantamento da Sodexo Benefícios e Incentivos no Brasil. Além disso, 88% afirmam que as empresas não oferecem nenhum plano ou projeto de qualidade de vida específico para mulheres que ajude a conciliar a vida pessoal e profissional. O levantamento, realizado no último mês, ouviu 1.052 pessoas que estão trabalhando atualmente, sendo 66,25% mulheres e 33,75% homens.

Essa percepção contraria os Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs – Women’s Empowerment Principles), iniciativa da ONU Mulheres e do Pacto Global que estabelece sete princípios para o meio empresarial, em forma de documento, para empoderar as mulheres no ambiente de trabalho, no mercado profissional e na comunidade. O plano da ONU Mulheres tem como objetivo igualar a presença feminina e masculina no mercado de trabalho, com base nos principios de liderança corporativa sensíveis à igualdade de gênero.

“Construir um ambiente profissional igualitário, diverso e inclusivo, produz resultados financeiros e não financeiros nas organizações como o aumento do engajamento e satisfação dos colaboradores, reputação e reconhecimento de marca, retenção de clientes e crescimento do lucro orgânico e bruto”, afirma Aline Tieppo, gerente de Comunicação Interna e Diversidade da Sodexo Benefícios e Incentivos. O resultado deste levantamento reforça a responsabilidade das empresas em criar meios para promover a equidade de gênero no ambiente de trabalho em todos os níveis hierárquicos e também em estruturar programas que oferecam às mulheres outras dimensões de qualidade de vida, como tempo com a família, lazer e cuidados com a saúde e a espiritualidade.

O levantamento também revelou que, apesar de considerarem que as empresas em que trabalham não oferecem meios para ampliar a promoção feminina a cargos de gestão, metade das mulheres entrevistadas se sente reconhecida pelo trabalho que exerce nas organizações. E ainda que 72% das mulheres e 89% dos homens consideram que as mulheres são tratadas com respeito e dignidade por seus colegas e superiores no ambiente de trabalho.

Ações da Sodexo com foco na igualdade de gênero no ambiente de trabalho e empoderamento feminino

Em linha com sua política global de diversidade e inclusão, o Grupo Sodexo no Brasil, composto pela Sodexo Benefícios e Incentivos e Sodexo On-site, assinou em novembro de 2016 sua participação nos WEP’s Mulheres (WEPs – Women’s Empowerment Principles) e criou um grupo de Liderança Feminina.

O grupo que conta com a participação de executivos das duas divisões tem como objetivo, incentivar a igualdade de gênero dentro da empresa e proporcionar o desenvolvimento e crescimento profissional das mulheres em todos os segmentos, através de reuniões trimestrais entre gestores e gestoras que terão a missão de disseminar através da equipe o conteúdo adquirido nos encontros.

“A Sodexo promove uma cultura que engloba diferenças, com cinco focos de atuação (Gênero; Gerações; Cultura e Origens; Pessoas com Deficiência; Orientação Sexual/ Identidade de Gênero). No caso da diversidade de gênero, a empresa tem ações estruturadas de atração, desenvolvimento e retenção de mulheres em todos os níveis hierárquicos. A criação do grupo vem para ampliar esse trabalho”, completa Andreia Dutra, diretora de RH da Sodexo On-site.

Além das iniciativas no Brasil, o Grupo Sodexo atua globalmente na promoção da igualdade de gênero em todos os níveis hierárquicos. Neste sentido, estabeleceu estratégias e metas que visam o desenvolvimento de suas colaboradoras para a consequente promoção a cargos de gestão até 2025. A Sodexo também atua no apoio e capacitação de mulheres fora da empresa, a exemplo do trabalho que realiza com as vítimas de violência doméstica na Índia e do incentivo que fornece à diversas famílias em suas jornadas para iniciar pequenos negócios de produção de mel no Chile.

Sobre a Sodexo

Fundada em 1966 por Pierre Bellon, a Sodexo é a líder mundial em serviços que geram qualidade de vida, um fator essencial para os indivíduos e para o desempenho das organizações. Operando em 80 países, a Sodexo atende 75 milhões de clientes todos os dias, por meio da combinação única de serviços On-site, serviços de Incentivo e Reconhecimento e Serviços Pessoais. Com uma ampla gama de serviços, a Sodexo oferece para os clientes uma oferta integrada desenvolvida em 50 anos de experiência: desde recepção, manutenção e limpeza até serviços de alimentação, gestão de equipamentos e facilities; cartões de benefícios, incentivo e reconhecimento como Refeição Pass, Alimentação Pass, Gift Pass, Premium Pass e Combustível Pass para os funcionários até os serviços de concierge. O sucesso e o desempenho da Sodexo estão baseados em sua independência, no modelo financeiro do negócio e na habilidade em desenvolver-se constantemente e engajar seus mais de 425 mil funcionários ao redor do mundo. Há 11 anos, o grupo marca presença no Índice Dow Jones de Sustentabilidade, renomado ranking que avalia de forma criteriosa as iniciativas das empresas junto ao meio ambiente e com os stakeholders.

Indicadores (em 31 de Agosto, 2016) 19.8 bilhões de Euros em receitas consolidadas 425.000 funcionários 19º maior empregador mundial 80 países 32.000 sites 75 milhões de consumidores atendidos diariamente 15.2 bilhões de Euros em valor de mercado (em 17 de novembro,2016)