Filtrar
Sustentabilidade

Vem aí a 10ª edição da Servathon, a maratona mundial de voluntariado STOP Hunger

02/04/18 16:37

A última edição arrecadou mais de 133 toneladas de alimentos e beneficiou 135 instituições de diversas regiões do Brasil

São Paulo, abril de 2018 – Criada nos EUA em 1996 por colaboradores da Sodexo, a Servathon atua com o objetivo de combater a fome e a má nutrição em todo o mundo por meio do trabalho voluntário e doação de  alimentos. No Brasil, a maratona é coordernada pelo Instituto STOP Hunger, mantido pelo Grupo Sodexo, e terá sua 10ª edição realizada entre os dias 02 de abril e 30 de maio deste ano.

 

“A última edição da Servathon arrecadou mais de 133 toneladas em alimentos e possibilitou a produção de aproximadamente 245.069 refeições nas 135 instituições beneficiadas pela ação em todo o Brasil. Este ano temos um novo desafio, por isso contamos com o engajamento de todos os voluntários para redobrar os esforços e nos apoiar na luta contra a fome e a má nutrição no país”, destaca Fernando Cosenza, presidente do Instituto STOP Hunger no Brasil.

 

Andreia Dutra, vice-presidente do Instituto STOP Hunger, complementa: “O aumento de 89% no volume de alimentos arrecadados no ano passado em relação a 2016 comprova  que vale a pena acreditar neste tipo de ação. Todos os anos trabalhamos para a expansão do número de voluntários, bem como o número de beneficiários e instituições atendidas, a fim de promover um ambiente social mais justo no Brasil”.

 

A cada ano, a maratona alcança mais adeptos em uma corrente de voluntariado que já arrecadou mais de 298 toneladas de alimentos não perecíveis no Brasil ao longo das nove edições. Para este ano, o desafio será incrementar a arrecadação de alimentos e de voluntários em 10%.

 

As divisões da Sodexo no Brasil (Benefícios e Incentivos e Serviços On-site) trabalham em conjunto para  fortalecer a atuação do Instituto STOP Hunger e potencializar as ações de responsabilidade social e sustentabilidade que a companhia têm realizado no país. Os parceiros, clientes, estabelecimentos comerciais, fornecedores, colaboradores, familiares e membros da sociedade em geral são convidados a aderir à campanha.

   

Outras ações do Instituto STOP Hunger

 

Além de organizar a Servathon, o Instituto STOP Hunger gerencia outras atividades relacionadas diretamente ao combate à fome e à má nutrição no Brasil, como por exemplo as Hortas Comunitárias do  Programa Hortaliças em parceria com a UNESP e o projeto Horta na Laje de Paraisópolis/SP.

 

Criado em 2003 em parceria com a UNESP, o Programa Hortaliças foi implantado nos  campi de Jaboticabal e Botucatu e consiste na criação e cultivo de hortas comunitárias mantidas pelos próprios estudantes da faculdade de agronomia, que recebem uma bolsa de estudo para auxiliar na manutenção do plantio. O programa produz mais de 48 toneladas de alimentos por ano, que são doados às 16 organizações beneficentes dessas regiões.

 

Já o projeto Horta na Laje lançado em 31 de maio de 2017, capacita preferencialmente jovens e mulheres da comunidade, para a prática de cultivo de hortaliças em vaso e tem o propósito de melhorar a qualidade nutricional das pessoas da comunidade, ampliar o modelo para 8 mil famílias e ainda gerar renda. O Instituto também disponibiliza palestras focadas em nutrição e gastronomia sustentável, para orientar e conscientizar as pessoas atendidas pelas instituições cadastradas no STOP Hunger, para reforçar sobre a conciência de uma alimentação saudável com aproveitamento total de alimentos e sem desperdício. Mais sobre as iniciativas do Instituto STOP Hunger em: http://www.stop-hunger.org.br/

  

Resultados Servathon 2017:

 

  • 133,3 T (cerca de 1.186 refeições prontas) em alimentos não perecíveis ;
  • 10.809 voluntários em 35.578 horas de voluntariado ;
  • R$ 66.518,00 em recursos captados por meio de doações financeiras ;
  • 310 empresas parceiras ;
  • 135 ONGs beneficiadas e mais de 20 mil pessoas atendidas.