Filtrar
Aceite Sodexo em seu Estabelecimento

Dicas para adaptar suas vendas na quarentena

05/04/21 15:51

Quer saber como vender mais? Descubra como se reinventar e adaptar o seu negócio durante a pandemia.

A pandemia do novo coronavírus continua a mostrar que os estabelecimentos comerciais seguem precisando  revisar suas estratégias e adaptar as vendas na quarentena para manter seus clientes e conquistar novos. Em alguns casos, você nem precisa rever todo o seu modelo de negócios; basta fazer algumas adaptações para se aproximar mais do público desejado, com atendimento personalizado, planejamento estratégico e criatividade em tempos de crise.

É o que acontece com bares e restaurantes. É certo que as vendas sofreram impacto da pandemia. Com restrições de funcionamento e com a necessidade de manter o distanciamento, é preciso investir em novas formas de atender os clientes da melhor maneira, por exemplo.

Pensando nisso, resolvemos listar uma série de dicas que vão ajudar você a se destacar e conseguir melhorar os resultados. Quer saber quais são elas e como podem contribuir? Continue conosco e confira um planejamento estratégico para a pandemia, a seguir!

 

Ative as redes sociais

Para gerar um aumento das vendas online, as redes sociais são ótimas ferramentas. Funcionam muito bem para a divulgação dos produtos e serviços, especialmente por gerarem um custo baixo para a empresa —é possível mantê-las atualizadas de forma simples e não é obrigatório um investimento, a não ser que você decida impulsionar as publicações e alcançar um número de pessoas ainda maior.

Nelas, além de tentar aumentar as vendas, você pode criar e manter um excelente relacionamento com seus clientes e público-alvo. E isso sem contar a possibilidade de fazer lançamentos, criar promoções, entre outras ações.

No caso de bares e restaurantes, você pode anunciar a "quinta da pizza" e a "sexta do churrasco", por exemplo, além de oferecer cupons de desconto e até mesmo divulgar um programa de fidelidade. É preciso ter criatividade em tempos de crise!

 

Use o WhatsApp Business

O WhatsApp Business funciona de maneira semelhante ao aplicativo tradicional. Porém, nesse caso, como o nome sugere, ele é voltado para empresas criarem suas contas profissionais.

Por esse motivo, ele tem uma série de recursos que você não encontra no WhatsApp comum. Entre eles está a possibilidade de oferecer menus, registrar dias e horários de funcionamento e até mesmo programar mensagens automáticas. Certamente, o Whatsapp te ajudará a ganhar dinheiro na pandemia!

Também não podemos deixar de citar a possibilidade de ter uma lista de transmissão, na qual você cadastra o número dos clientes e pode enviar promoções, pratos do dia, novidades no cardápio, entre outros.

Relacione-se com seus clientes

Para adaptar as vendas na quarentena e encantar seu público, é necessário priorizar o relacionamento, prestar um atendimento personalizado a cada cliente. Em um mercado tão concorrido e com preços semelhantes como é o de alimentação fora do lar, o diferencial pode estar justamente na forma como você presta o serviço para os clientes.

Adote medidas que vão ajudar a fortalecer essa relação e perceba como fica mais fácil fidelizar os seus consumidores. Tudo isso pode ser feito por meio de:

  • atendimento personalizado;
  • diferentes canais de contato para pedidos;
  • respostas rápidas;
  • serviço de entregas eficiente;
  • oferecimento de descontos;
  • criação de um programa VIP.

É só pensar pelo ponto de vista dos clientes e seguir a lógica: se os produtos e os preços são semelhantes, qual é o critério de desempate? O atendimento diferenciado e personalizado vai ter um grande papel na hora da escolha.

Amplie seus canais de venda

Como vender em tempos de crise? Com a internet e as redes sociais tão em alta, não dá mais para atender os clientes só por telefone, não acha? Por isso, esta é a hora de se reinventar e oferecer outros canais para que os consumidores consigam entrar em contato e fazer os pedidos.

As próprias redes sociais, além do WhatsApp, podem ser usadas para o atendimento. Quanto mais opções você oferecer, melhor fica para o relacionamento com os seus clientes, uma vez que eles poderão escolher o meio com que eles têm mais familiaridade. Isso significa trazer mais comodidade aos consumidores.

Dependendo de como estiver a sua capacidade de fazer um investimento maior, aposte na criação de um site e tenha a sua própria loja virtual. Lá, os clientes podem fazer os pedidos a qualquer hora do dia, com tranquilidade e sem a necessidade de interagir com alguém (ótima opção para os mais introvertidos e aqueles que trabalham fora do horário comercial).

O mesmo vale para a criação de um aplicativo próprio. Nesse caso, bares e restaurantes podem se beneficiar muito com um app próprio. Assim, seus clientes usam a aplicação para realizar os pedidos, que podem ser totalmente personalizados.

Use bem o delivery

Mais importante do que vender na crise é como vender na crise! É praticamente impossível falar de adaptar as vendas na quarentena sem mencionar a necessidade de contar com um delivery. Em tempos em que as pessoas precisam ficar em casa e fazer home office, o serviço de entregas é a melhor forma de levar seus produtos até elas e continuar vendendo bem.

Porém, para isso, é necessário fazer um bom planejamento. Afinal, você precisa saber se a sua equipe atual consegue absorver um aumento na demanda, definir as regiões que serão atendidas e até mesmo precificar o valor das taxas de entrega, se for o caso.

Vale a pena aproveitar alguns aplicativos de delivery que já têm uma base de clientes formada, permitem criar seu catálogo e podem até disponibilizar entregadores, o que já tira uma responsabilidade da sua mão. Entre os principais, estão:

Ofereça condições de pagamento diferenciadas

As vendas online aumentam quando você proporciona melhores condições de compra a seus clientes! As condições de pagamento costumam ser um dos fatores que pesam na decisão de comprar em determinado lugar. Então, quanto mais opções você conseguir oferecer para os clientes, mais chances terá de fechar a venda.

Aposte no Sodexo Refeição Pass. Trata-se do cartão de benefícios oferecido aos colaboradores por muitas empresas. Assim, você amplia as formas de pagamento aceitas e, consequentemente, poderá atender a um público ainda maior.

Identifique as novas necessidades dos clientes

Já ficou evidente que o comportamento dos consumidores sofreu mudanças nesta quarentena. Um bom exemplo prático disso: as pessoas solicitarem a entrega na porta ou na portaria, sem ter contato direto com os entregadores.

Identificar necessidades como essas é uma forma de atender às demandas do mercado e conseguir se destacar diante da concorrência, evitando sofrer muito com o impacto da pandemia. Portanto, fique de olho nas mudanças que seus clientes apresentam e, se possível, faça uma pesquisa breve, perguntando como eles preferem o atendimento, se têm alguma solução que eles queriam que fosse adotada etc. Em outras palavras, use os dados a seu favor.

Observe seus concorrentes

Uma boa ideia para se reinventar e ajustar as vendas na quarentena é observar o que os seus concorrentes estão fazendo. Avalie as novas estratégias e veja o que dá certo e pode ser adaptado (e melhorado para seu negócio).

O que deu errado, você já sabe que precisa evitar ou corrigir para que seja viável ao seu estabelecimento. É importante destacar que não se trata de copiar a concorrência, mas sim de encontrar inspirações para inovar e sair na frente. No mundo dos negócios, essa prática é conhecida como benchmarking.

Este é, realmente, o momento de procurar mudar a forma de como vender para seus clientes. Se você quer aumentar as vendas na quarentena, precisa encontrar meios de chamar a atenção do seu público e convencê-lo de que o seu estabelecimento pode oferecer o que os consumidores estão buscando.

Leia mais sobre restaurantes na pandemia:

Quem é seu consumidor na quarentena?

Covid-19: tendências para restaurantes