Filtrar
Gestão de Pessoas

A qualidade de vida no trabalho diminuiu em 2018

07/05/19 15:12

Conheça os resultados do Índice Sodexo sobre a satisfação profissional dos brasileiros.

O bem-estar e a qualidade de vida no trabalho diminuíram em 2018. Esta é a conclusão do Índice Sodexo de Qualidade de Vida no Trabalho (IQVT), medido a partir de mais de 13 mil respostas ao longo do ano passado. O índice geral de satisfação fechou com 6,21 pontos (em uma escala de zero a 10), o que representa uma queda de 4% na comparação com 2017 no que diz respeito à qualidade de vida no ambiente de trabalho.
 

“Notamos que todas as dimensões da qualidade de vida no trabalho apresentaram redução. Os itens relacionados a crescimento profissional e treinamentos, que influenciam diretamente na satisfação com o trabalho tiveram as piores notas no ano passado: 4,57 e 4,70 pontos, respectivamente”, analisa Fernando Cosenza, vice-presidente de Marketing da Sodexo Benefícios e Incentivos. O executivo diz que este movimento é consequência do ambiente de muitas incertezas no Brasil em 2018, ano de eleição e de desemprego ainda elevado. “Diante desse cenário, a impressão é de que as empresas cortaram ações de reconhecimento e incentivos para reduzir custos”, diz.

Confira no infográfico os principais números do Índice Sodexo de Qualidade de Vida no Trabalho 2018:

Quais são as carreiras com mais qualidade de vida?

O resultado do IQVT é elaborado a partir das respostas recolhidas através de um teste online e gratuito sobre o nível de satisfação do profissional no ambiente de trabalho. A pesquisa, que leva 5 minutos para ser respondida, analisa a satisfação das pessoas com o ambiente profissional através das seis dimensões de qualidade de vida no trabalho da Sodexo, um conceito que surgiu a partir de uma pesquisa com líderes de diversos países: 

- Facilidade e eficiência: leva em conta os fatores que contribuem para a boa performance do colaborador, como facilidade de acesso às pessoas e informações necessárias, processos fluídos, entre outros. 

 

Saúde e bem-estar: promoção da vida saudável, com boa alimentação e incentivo à prática de exercícios, ligados diretamente à qualidade de vida e bem-estar no trabalho. 

- Ambiente físico: aspectos que permitem que o trabalhador se sinta confortável e seguro no espaço. 

- Reconhecimento: iniciativas da empresa para valorizar e recompensar pessoas, ou seja, os programas de qualidade de vida no trabalho. 

 

- Interação social: ações de fomento à criação e reforço de vínculos pessoais, acesso à cultura e entretenimento. 

- Crescimento pessoal: tudo o que permite e estimula que um profissional aprenda e se desenvolva.

 

logo-draft.png O artigo é resultado uma parceria da Sodexo com o Projeto Draft.

Conheça mais.

Leia também:

Cinco dicas para que seus colaboradores se sintam reconhecidos

Infográfico: estratégias de reconhecimento que funcionam