Faça uma cotação ou ligue para 4004-4946

Filtrar
PMEGestão de Pessoas

Millennials preferem PMEs a grandes empresas, revela pesquisa da Sodexo

11/10/17 16:09

Pesquisa da Sodexo Engage no Reino Unido investigou as preferências de trabalho de todas as gerações

Quase metade dos millennials (47%) acredita que pequenas e médias empresas são os locais ideais para se trabalhar, mais do que o dobro dos 19% que acreditam que as grandes corporações sejam as ideais. Os dados são de uma pesquisa realizada pela Sodexo Engage no Reino Unido, que investigou as preferências de trabalho de todas as gerações e as comparou com suas percepções e expectativas para diferentes tamanhos de empresas.

Os millennials escolheram um horário de trabalho flexível como benefício mais desejado, sendo que 43% esperam que uma PME ofereça isso a eles.

Crescimento profissional (56%), salário alto (51%) e cultura empresarial mais receptiva (33%) foram os outros três benefícios mais valorizados pelos millennials.

38% dos entrevistados esperam que o crescimento profissional seja uma parte importante da agenda das PMEs, 21% acreditam que o salário é prioridade e a maioria esmagadora de 79% acham que as PMEs podem oferecer um ambiente de trabalho mais receptivo do que em grandes empresas.

48% dos entrevistados entre 16 e 24 anos preferem trabalhar em empresas com até 249 colaboradores, enquanto 12% que preferem as grandes empresas, com mais de 250 colaboradores.

Estatísticas semelhantes vieram da parcela na faixa de 25-29 anos, entre os quais 44% preferem PMEs, contra 24% que desejam trabalhar para uma grande empresa.

Entre os entrevistados com idade entre 40 e 54 anos, 43% preferem trabalhar em PMEs, enquanto apenas 18% elegeram as grandes empresas.

Iain McMath, CEO da Sodexo Engage, comenta os resultados da pesquisa:

“O futuro de nossa economia depende das PMEs e de ter uma mão de obra produtiva. Os millennials captaram o interesse de acadêmicos e líderes empresariais, mas esta é a primeira vez em que definitivamente podemos dizer que PMEs são seu lar natural e sua preferência de fato. Os resultados mostram que as demandas dessa geração correspondem às expectativas de como é a vida em uma PME. Por outro lado, as empresas de maior porte enfrentam um desafio de reputação para provar que também podem oferecer um ambiente de trabalho flexível e mais sensação de pertencimento”.

No entanto, a pesquisa também mostrou que millennials são mais propensos a abandonar o barco de uma PME após quatro anos de trabalho, enquanto o comprometimento com empresas maiores ultrapassa a marca dos cinco anos.

McMath continua:

“Embora as grandes empresas tenham dificuldades para atrair os melhores candidatos, elas tendem a mantê-los lá dentro uma vez que entrarem. As PMEs devem fazer mais para aumentar a fidelidade de sua força de trabalho se quiserem manter os melhores talentos. Geralmente, pode ser mais difícil para os colaboradores dessas organizações menores verem com clareza um caminho de crescimento após atingirem cargos seniores, e os benefícios agregados pelos empregadores de maior porte podem ser um forte atrativo. Porém, levando em conta a diversidade da força de trabalho atual, empresas de qualquer tamanho precisam garantir que cada indivíduo sempre se sinta motivado e reconhecido”.

Leia o artigo original no HR Review