Filtrar
Sodexo Club

Natal na pandemia - receitas e dicas

14/12/20 17:01

Para a nutricionista Soraia Batista, não é porque a mesa deste ano pode não ser tão cheia e farta que a data vai necessariamente perder a graça

 

Ceia de Natal na pandemia

 

Um meme anda tentando fazer graça com o exagero de uma cena que, convenhamos, não vai ser incomum neste Natal. Ele traz uma mesa de jantar com um peru assado no centro rodeado não por pessoas da família, mas pelas pessoas sendo vistas por meio de telas – já que elas estão distantes e participam da festa por videocall. Mais 2020 impossível.

A pandemia nos adoeceu, nos afastou e deixou muitos de nós com menos dinheiro, porque fechou postos de trabalho e negócios. O Natal, além de menos povoado, deve ter um pouco menos de fartura.

“Uma das principais características do Natal é a grande quantidade e variedade de pratos na ceia, não é? A data é muito especial porque para muita gente é tradição reunir toda a família para celebrar. E o resultado? Sempre mesa farta, afinal, comida é afeto – principalmente as natalinas”. afirma Soraia Batista, nutricionista da Sodexo Benefícios e Incentivos.

“Infelizmente, este ano as reuniões serão menores. Isso não significa, porém, que o Natal será menos especial. Aproveite para celebrar e agradecer por sua vida e de seus familiares. Faça os pratos que está acostumado a fazer, mas se não for possível, adapte com outros ingredientes.”

Soraia conta que o importante é não exagerar na quantidade e aproveitar o momento com quem você estiver. “Use a internet a seu favor: faça chamada de vídeo com os parentes que estiverem longe e combinem uma ceia virtual para comerem juntos os pratos favoritos da família.”

Pensando que você não deve ter muitos convidados, Soraia criou aqui a receita perfeita do Natal da pandemia, composta por uma entrada, um prato principal e uma sobremesa. “Tudo sem ingredientes desnecessários, com economia e, claro, muito sabor.”

Ela dá algumas dicas: “Faça o cálculo aproximado de quantas pessoas participarão da ceia para não errar na quantidade de comida”, afirma. “Evite o desperdício de alimentos.” A nutricionista também pede todos os cuidados de higiene necessários desde a preparação dos alimentos até o momento de se servir. “Lembre-se que a pandemia não acabou.”

Não se esqueça ainda de que as sobras podem ir para potes fechados e guardadas na geladeira para serem reaproveitadas por até dois dias. “Aproveite com segurança e feliz Natal”, diz Soraia.

Entrada para ceia de Natal

  • Mix de castanhas

“Sabemos que alimentos como castanha-do caju, nozes, amêndoas etc. são tradicionais na mesa de Natal, mas podem pesar no orçamento”, afirma Soraia. “Se você é do time que faz questão deles na ceia, uma dica legal é comprá-las quebradas, pois costumam ser mais baratas em comparação à versão inteira.” Faça um mix bem bonito num recipiente e sirva de entrada. Além de deliciosas, são muito nutritivas.

Prato principal da ceia

Sobremesa 

  • Frutas e sorvete

“Dê preferência às frutas da estação, como abacaxi, goiaba, laranja pera, mamão formosa, manga, melancia e melão, porque são mais baratas”, afirma Soraia. “Faça uma bela salada ou monte uma travessa bem bonita com as frutas. Se quiser, sirva com sorvete de creme.”

logo-draft.png O artigo é resultado uma parceria da Sodexo com o Projeto Draft.

Conheça mais.

 

Leia também:

 

Natal com receita de chef francês

Como fazer marmitas com as sobras do Natal

Consumo consciente para um Natal sustentável