Filtrar
Sodexo Club

Tudo sobre pães!

15/12/20 13:02

A receita mais buscada no Google em 2020 foi o pão caseiro. Conheça a história do pão e como fazer em casa.

 

Tudo sobre pães: receitas e dicas para reaproveitar o pão

 

Há muitas histórias sobre a origem do pão, que foi criado há mais de 2.200 anos. Existem inúmeros tipos de pães e, na pandemia, com o isolamento necessário para conter o coronavírus, muitas pessoas aproveitaram o tempo em casa para fazer seu próprio pão. Confira aqui no artigo uma seleção de receitas e mais informações sobre pães.

Receitas de pão caseiro:

Pão caseiro integral

Pão italiano feito em casa

Pão de vó

Receitas para reaproveitar o pão:

Não jogue pão fora! O pão é um alimento muito versátil, que pode virar desde uma torrada saborosa até ingrediente de pratos mais elaborados como esses aqui:

Lasanha à bolonhesa diferente

Pudim de pão

Clique no link para ver mais dicas sobre como evitar o desperdício de pão.

Conheça alguns tipos de pães       

Pão francês – Fermentação Biológica: O pão francês das padarias brasileiras na verdade pouco tem a ver com aquele feito na França. Até cem anos atrás, o pão no Brasil era bem diferente, com miolo e casca escuros. Naquele tempo, era comum em Paris um pão pequeno, de miolo branco e casca dourada – o precursor da baguette. Foi a tentativa de imitar esse pão que nasceu o pão francês, diferente da baguette principalmente pela adição de açúcar e gordura à massa.

Baguette: A baguette (que quer dizer “graveto” em francês) é uma variedade de pão que surgiu no século 19 junto com a invenção dos fornos com vapor.  A cocção nesse tipo de forno proporciona uma casca crocante e um miolo aerado. A baguette se distingue basicamente pelas suas dimensões – comprimento muito maior que a grossura - , o que resulta numa superfície de casca crocante maior que a de outros pães. Podem chegar a 1 metro de comprimento, mas somente a 5 cm de largura e 3 de altura. É o pão de todo dia dos franceses. Hoje em dia é encontrada no mundo todo. Para receber esse nome, a baguette deve conter, conforme a lei francesa, somente farinha, água, fermento e sal.

Ciabatta: Pão branco de origem italiana, o filão é alongado, largo e chato: em italiano, “ciabatta” quer dizer “chinelo”. Muito usado como pão para sanduíches. Deve ter casca  bem crocante e miolo poroso. É um pão leve. Parte de uma massa bem úmida (proporcionalmente com mais água que a baguette), o que lhe confere uma textura aerada.

Croissant: O croissant, pão enriquecido e popular na França, teve, na verdade, sua origem na Áustria do final do século 17. Foi Maria Antonieta quem introduzziu esse pão na França por volta de 1770. O formato tradicional do croissant é o de uma lua crescente. Feito com uma massa semelhante à folhada, é ideal para ser servido no café da manhã, puro ou com geléia. 

Informações do livro "400 g: Técnicas de cozinha - Fundamentos e técnicas de culinária aplicados em mais de 300 receitas", por Betty Kövesi, Carlos Siffert, Carole Crema e Gabriela Martinoli.

Leia também: