Filtrar
Sustentabilidade

Como doar alimentos?

18/04/19 15:52

Aprenda quais são os alimentos que podem ser doados e os cuidados para que eles sejam realmente aproveitados por quem precisa.

Quais alimentos podem ser doados?

A Sodexo apoia a maratona Servathon, realizada anualmente nos meses de abril e maio. Essa campanha mundial foi criada pelo Instituto STOP Hunger para arrecadar alimentos e, por meio do trabalho de voluntários, entregar a doação de alimentos para ONGs selecionadas. Você sabe que tipo de alimento escolher para uma campanha de combate à fome como esta? A seguir, confira uma lista de alimentos para doação:

Alimentos não-perecíveis: são todos aqueles que vêm embalados de fábrica e têm longa duração. São alimentos ideais para arrecadação, pois  podem ficar à temperatura ambiente sem estragar e exigem menos cuidados para armazenamento (diferente de frutas e congelados, por exemplo).

Além de arroz, feijão, açúcar e farinha de trigo, confira abaixo outras opções de não perecíveis que você pode doar em uma campanha de doação de alimentos:

  • leite em pó
  • legumes enlatados como milho e ervilha
  • gelatina em pó
  • mistura para bolo
  • biscoitos
  • milho de pipoca
  • fubá
  • achocolatado em pó
  • óleo de cozinha
  • leite em caixa longa vida

Antes de entregar qualquer um dos alimentos acima para doação, verifique a data de validade do produto e, também, se as embalagens estão íntegras, sem furos ou amassados, para que eles não deteriorem até chegar a seu destino final.

Alimentos perecíveis: há instituições de arrecadação de alimentos que aceitam alimentos perecíveis como frutas, legumes e congelados. Nesses casos, quem vai doar precisa tomar os seguintes cuidados:

  • Frutas e legumes: podem ser doados verdes e maduros, mas nunca estragados. Precisam ser doados refrigerados (converse com a ONG que deseja ajudar, para ter orientações sobre como transportar os alimentos ou se eles retiram em sua casa).
     
  • Congelados: precisam estar na validade, com a embalagem íntegra e, claro... congelados! Neste caso, também é preciso combinar com a ONG que vai receber, para que o alimento não estrague antes de chegar ao seu destinatário.

O que não doar: por maior que seja a boa vontade, há certos alimentos que podem representar um risco para quem vai consumir. Sobras de refeições prontas, por exemplo, podem estragar rapidamente e não são aconselháveis para doação de alimentos. O mesmo pode acontecer com alimentos fora do prazo de validade, ou que deveriam estar no freezer e já foram descongelados.

Fontes: blogs Cidadania e  USC.

Sodexo tem orgulho em apoiar ONG que combate a fome e a má nutrição em todo o mundo Se você quer ajudar e não sabe por onde começar, conheça as iniciativas do Instituto STOP Hunger. Você pode oferecer doações em dinheiro, doação de alimentos ou horas de voluntariado. Clique aqui para conhecer as ações do Instituto. Em 2018, a Servathon conseguiu 216 toneladas apenas no Brasil e este ano queremos bater esse recorde. Saiba como participar.

 

Leia também:

Veja o vídeo: Servathon 2019 vai até 31 de maio

Infográfico: resultados da Servathon 2018

Como evitar o desperdício ao comprar e armazenar alimentos