Filtrar
Sustentabilidade

Vamos mudar o mundo!

29/01/18 10:16

Criar valor social para indivíduos e comunidades é a proposta da Sodexo para as próximas décadas. Leia o artigo de Alexandre Teixeira.

Por Alexandre Teixeira

 

A ideia deste século, para companhias determinadas a deixar sua marca no mundo, é dar à sociedade a visão de um futuro maior. Por isso, ao mesmo tempo em que serve cerca de 100 milhões de pessoas espalhadas pelo planeta, a Sodexo tem o compromisso de contribuir ativamente para promover o progresso e criar valor social para indivíduos, comunidades e sociedades. De ser agente transformadora da sociedade, de transformar o mundo. “Desde o início, estamos focados em fazer escolhas que podem ajudar a proteger o ambiente que todos compartilhamos”, diz Sophie Bellon, presidente do conselho de administração da empresa. Ela sabe que, para chegar lá, será preciso contar com esforços coletivos. “Mas vamos ser claros sobre o tipo de objetivo que perseguimos”, diz. “Não vamos mudar uma única peça da visão fundadora da Sodexo (melhorar a qualidade de vida de todos), porque esta é a única forma de combinar desempenho econômico e progresso humano.”

“Minha convicção é de que sempre precisaremos de humanos para cuidar de outros humanos”, afirma Sophie. “E isto é exatamente o que nossos funcionários estão fazendo hoje.” 

A partir da conversa de Sophie Bellon e Angel Gurría, secretário-geral da OCDE (Organização Para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), na Quality of Life Conference, realizada em Londres em outubro, ficou claro o papel da Sodexo como protagonista de um movimento de transformação da maneira de se fazer negócios, a transformação do mundo, da sociedade, levando em consideração uma conduta não só responsável, mas que contribui para a qualidade de vida e o bem-estar de todos. 

Que régua deveriam usar os governos para medir as necessidades das populações e a qualidade das políticas públicas? “Qualidade de vida”, sugeriu Gurría. E isto não é um problema só para o poder público. “As organizações globais de hoje são muito mais do que apenas agentes econômicos. Acho que os cidadãos esperam mais de nós”, completou Sophie. “Todo dia estamos questionando nosso papel em áreas que vão muito além do escopo da nossa atividade: educação, inclusão social, questões de saúde pública e de meio ambiente.”

Sejam emergências ambientais ou grandes mudanças demográficas, nenhuma questão pode ser entendida inteiramente por um único stakeholder, uma só organização ou uma só nação, observa Michel Landel, o CEO global da Sodexo. A transformação da sociedade precisa ser esforço global. “Encontrar soluções aplicáveis a grandes problemas será cada vez mais um desafio a ser enfrentado colaborativamente”, diz ele.

Recentemente, a Sodexo foi indicada pela revista Fortune como uma das 50 empresas que vão mudar o mundo. “Vamos contribuir para projetar o modelo de civilização que queremos para o futuro”, disse Sophie. “Isto virá da capacidade de nos abrirmos a todos os stakeholders e envolve-los no compromisso de enfrentar as injustiças mais flagrantes, promover oportunidades iguais e dar a nossos filhos o direito de se beneficiar dos recursos do nosso planeta.” 

 

Alexandre Teixeira é jornalista e autor dos livros “Felicidade S.A.”, “De dentro para Fora” e “Rotinas Criativas”. Já realizou pesquisas com executivos de diversas empresas sobre Práticas de Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional. Em 2014, 2016 e 2017, Alexandre foi palestrante dos eventos Vida Profissional da Sodexo, que acontecem em diversas cidades do Brasil. A convite da Sodexo, ele foi a Londres assistir a 2ª edição da Quality of Life Conference. 

A Sodexo Benefícios e Incentivos oferece diversas soluções de Incentivo e Reconhecimento, que podem ajudar sua empresa a aumentar o engajamento de seus colaboradores. Conheça!