Estabelecimentos

Como adequar meu restaurante às regras do PAT?

Regras do vale-refeição que os restaurantes devem seguir

O Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), instituído pela Lei nº 6.321/1976, tem como objetivo melhorar a qualidade da alimentação dos profissionais por meio de benefícios como o vale-alimentação e o vale-refeição. Com isso, eles terão mais saúde e bem-estar.

 

Restaurantes que aceitam este meio de pagamento saem na frente como boas opções para os consumidores que utilizam o auxílio-alimentação, e como resultado, veem seu faturamento aumentar.

 

 

Contudo, para que o seu estabelecimento possa aceitar o vale-refeição, benefício regulado pelo PAT, seja ele um restaurante, lanchonete, padaria, pizzaria ou qualquer outro tipo de estabelecimento que vende refeições prontas para o consumo, é preciso seguir as regras do PAT - o Programa de Alimentação do Trabalhador.

 

Quer saber mais sobre quais são as regras e os objetivos do PAT para restaurantes? Vamos mostrar neste artigo o que é o PAT,  e como adequar os seus serviços à proposta do programa. Continue a leitura e saiba mais sobre o cadastro PAT e como funciona !

 

Entenda o que é o programa PAT

 

O Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) é um programa que incentiva as empresas a oferecer condições para que seus funcionários tenham uma alimentação de qualidade e nutricionalmente adequada. Em contrapartida, as empresas cadastradas no PAT podem obter vantagens e incentivos fiscais, como a possibilidade de dedução no Imposto de Renda.

O que mudou no auxílio-alimentação e no PATFicou interessado no tema? Então fique atento porque o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) está mudando suas regras. Baixe gratuitamente o E-book: conheça as novas regras do PAT

 

O PAT beneficia mais de 20 milhões de trabalhadores em todo o país e a rede credenciada onde os benefícios de vale-alimentação e vale-refeição podem ser usados é gerida pelas empresas de benefícios cadastrada no programa.

 

O PAT impacta positivamente empregadores e colaboradores, contribuindo na atração e retenção de talentos, aumento de produtividade, redução nos acidentes de trabalho e muito mais.

Adeque seu estabelecimento ao PAT

 

Agora que você já sabe como funciona e qual é o objetivo do PAT, vamos explicar o que é necessário para adequar o cardápio (alimentação saudável) do seu restaurante à proposta do programa:

  1. Cumprir e manter a documentação das normas de vigilância sanitária, garantindo a procedência dos alimentos ofertados e um cardápio balanceado.
  2. Exibir um cardápio nutricional saudável, com opções de pratos balanceados e nutricionalmente adequados aos consumidores, fomentando a consciência sobre alimentação saudável.
  3. O nutricionista, responsável técnico, deve ser parte integrante das operações do estabelecimento para montar um cardápio qualitativo.
Para se adequar ao PAT, o restaurante precisa estar comprometidos em oferecer produtos relacionados à alimentação saudável, para que o trabalhador que compra com o benefício no seu estabelecimento encontre opções de acordo com suas preferências.

 

 

Quando o supermercado aceita o vale-refeição como forma de pagamento, ele abre portas para muitos clientes que recebem o benefício e fazem suas refeições durante o horário de trabalho.

Foco NA qualidade

 

O cardápio alimentar de um restaurante que deseja estar de acordo com a proposta do PAT deve ser montado com base na qualidade e criatividade. Pensar em pratos com ingredientes orgânicos e nutritivos faz a diferença na hora da escolha do cliente.

 

Os pratos saudáveis, de maneira geral, não devem carregar esta proposta apenas no nome. É preciso ter atenção especial para que eles sejam balanceados, leves e ofereçam energia para quem vai continuar a jornada de trabalho depois do almoço.

 

Vale lembrar que, se o seu negócio tem como base pratos mais gordurosos, não é necessário mudar todo o cardápio do dia para a noite. A dica é ter opções saudáveis dentro do cardápio nutricional para quem compra com o benefício no seu estabelecimento.

Sazonalidade

Alimentos frescos costumam ser os primeiros da lista na hora de criar opções de pratos saudáveis. Então, fique de olho na sazonalidade, especialmente de legumes, verduras e frutas, para incluir no cardápio comida saudável que respeite o ciclo natural dos alimentos e que traga muito mais sabor durante as refeições dos clientes.

Fornecedor próximo

Dentro desta possibilidade de trabalhar com sazonalidade, ter um fornecedor próximo é um ponto alto no momento de adotar um estilo focado em saúde e nutrição. Entre na onda da economia circular e busque fornecedores mais próximos. Um dos motivos para se fazer isso: quanto mais longo for o caminho percorrido por itens mais sensíveis, como frutas e legumes, maiores são as chances de estragarem rápido se não forem devidamente armazenados.

Todos os tipos de dietas

Oferecer opções nos cardápios para todos os tipos de dieta é outro ponto que vai resultar no aumento das vendas. Foque em pratos sem glúten, direcionados para dietas de baixas calorias, baixo nível de colesterol, baixo teor de sódio, sem açúcar, entre outros. Além de incluir itens variados, torna-se indispensável divulgá-los de maneira adequada no cardápio PAT.

 

O grande segredo é pensar no conceito boca a boca, principalmente quando se trata de funcionários de empresas que pagam com vale-refeição. Isso porque, ao comprar em um local que atenda esta proposta do PAT, com pratos deliciosos e atendimento de qualidade, eles tendem a divulgar para os colegas de trabalho.

 

Quando você conhece os benefícios do Programa de Alimentação do Trabalhador para o seu restaurante ou supermercado, fica muito mais simples colocar tudo em ordem para aumentar as vendas.

Caso ainda não aceite o pagamento vale-refeição, faça seu credenciamento na rede Sodexo. Abra suas portas para milhares de clientes e conheça as vantagens em aceitar Sodexo no seu negócio!
 

 

Quero saber mais sobre as soluções Sodexo

thumbInscreva-se para receber novos conteúdos