Faça uma cotação ou ligue para 4004-4946

Filtrar
Pesquisas

Trabalhador brasileiro gasta em média R$ 99 por mês para complementar o benefício refeição

01/03/17 18:17

A pesquisa revelou também que o valor do benefício refeição é considerado baixo para 41% dos trabalhadores brasileiros

São Paulo, dezembro de 2016 – Entre as diversas possibilidades que uma empresa possui para motivar sua equipe e atrair novos talentos, oferecer um benefício que auxilia na alimentação do trabalhador é imprescindível para 93% das organizações brasileiras, de acordo com a pesquisa publicada no livro “40 Anos do Programa de Alimentação do Trabalhador – Conquistas e desafios da política nutricional com foco em desenvolvimento econômico e social”, lançado em novembro pela Fundação Instituto de Administração (FIA).

A pesquisa ainda revelou que o valor do benefício refeição é considerado baixo para 41% dos trabalhadores brasileiros, e metade deles gasta em média R$ 99 mensais para complementar o valor recebido dos empregadores para almoçar. Segundo a publicação, o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) beneficiou 19,5 milhões de pessoas em 2015, onde 83,2% deste total é formado por trabalhadores que ganham até cinco salários mínimos mensais e 23,9% deles recebem o benefício refeição.

O resultado vai ao encontro do recente levantamento realizado pela Sodexo Benefícios e Incentivos em abril de 2016, com 1.186 pessoas em todo o Brasil, e que mostrou que o valor mensal do benefício refeição não dura até o final do mês para 81,51% dos trabalhadores. Entre os motivos para que o benefício não dure até o fim do mês, 42,81% declaram que o valor recebido é baixo, 40,5% apontam como causa os preços elevados das refeições próximas ao local de trabalho e 16,68% reconhecem que utilizam o benefício aos finais de semana.

Segundo Fernando Cosenza, diretor de Inovação da Sodexo Benefícios e Incentivos, os resultados não são uma novidade. “Este cenário reforça o impacto da utilização do benefício refeição nas finanças do trabalhador brasileiro. Com o aumento dos preços da refeição fora de casa, é fundamental fazer uma boa gestão do benefício na hora do almoço para que não seja necessário desembolsar parte do salário no fim do mês com essa finalidade.”, analisa Cosenza.

A publicação

O livro “40 Anos do Programa de Alimentação do Trabalhador – Conquistas e desafios da política nutricional com foco em desenvolvimento econômico e social” foi organizado pelo Professor José Afonso Mazzon, da Fundação Instituto de Administração, e viabilizado pela Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador – ASSERT, que atua há 35 anos no mercado de vouchers alimentação e refeição. A publicação aborda desde os fatores que levaram à implementação do PAT, passando pela experiência internacional com programas similares, seus impactos sobre a atividade econômica brasileira e o Produto Interno Bruto, até projeções para os próximos anos e oportunidades de expansão.

O Programa de Alimentação do Trabalhador

Instituído pela Lei nº 6.321 de 14 de abril de 1976 e gerido pelo Ministério do Trabalho, o programa garante a 19,5 milhões de trabalhadores brasileiros o acesso a uma alimentação adequada, além de incentivos fiscais às empresas participantes. Ao aumentar a qualidade de vida e a produtividade dos trabalhadores e suas famílias, este subsídio ajuda a aumentar também a lucratividade das empresas e a competitividade da economia brasileira.

Sobre a Sodexo Benefícios e Incentivos

É a empresa do grupo francês Sodexo, líder mundial em serviços de qualidade de vida. Tem em sua missão desenhar, gerenciar e entregar serviços para empresas de todos os portes, segmentos e regiões do Brasil com o objetivo de melhorar a qualidade de vida diária das pessoas e contribuir para o desenvolvimento econômico, social e ambiental das cidades, regiões e dos países em que atua.

Atende aproximadamente 89 mil clientes, que representam 6,4 milhões de usuários, com uma rede de 392 mil estabelecimentos credenciados em todo o País com serviços únicos no mercado de benefícios, gestão de despesas, incentivos e reconhecimento: Refeição Pass, Alimentação Pass, Cultura Pass, VT Pass, Combustível Pass, Gift Pass, Alimentação Pass Natal, Brinquedo Pass, Premium Pass, Frota Pass e Apoio Pass.

Veja também

Pesquisas

Crise faz brasileiro reduzir a prática de atividade física

17/05/17 10:13

Levantamento da Sodexo Benefícios e Incentivos aponta que 48% dos brasileiros diminuíram a frequência de atividade física

Pesquisas

Preço médio da refeição no Sudeste aumentou 7,5% no último ano

30/03/17 09:44

O aumento é um dos principais fatores que fazem o benefício refeição do trabalhador acabar antes do fim do mês