Filtrar
Diversidade e Inclusão

Como as diferenças nos tornam um só!

25/10/19 16:43

Quando as empresas compreendem a relevância da diversidade cultural, elas podem colaborar para o crescimento individual ao mesmo tempo em que criam oportunidades para um mundo mais justo.

Aqui na Sodexo existe muito respeito a todas as culturas, origens e crenças

Milhões de pessoas têm cruzado as fronteiras de seus locais de origem todos os anos atrás de refúgio e novas oportunidades de vida. Em 2017, o número de pessoas que deixaram seus lares em razão de questões como guerras, violência e perseguições religiosas ou políticas, chegou 68,5 milhões segundo o relatório de Tendências Globais, divulgado pela Agência da ONU para Refugiados em 2018.

No Brasil, esse número também chama a atenção. De acordo com o Relatório Anual do Observatório das Migrações Internacionais, entre 2010 e 2018, recebemos mais de 700 mil migrantes. Entre eles estão haitianos, venezuelanos e colombianos, representando as três principais nacionalidades de origem para os imigrantes em território nacional.

Melhor performance

As diferentes tradições, origens, crenças e tantos outros aspectos podem ser tratados como um ponto positivo, principalmente para interações sociais no ambiente profissional. E para quem acha que se trata de um tema da moda, uma pesquisa realizada em 2014 pela consultoria McKinsey and Co. já revelou que as empresas com maior índice de diversidade étnico-cultural possuíam probabilidade 35% maior de terem uma performance melhor em comparação com outras empresas.

De lá para cá, temas como orientação sexual, identidade de gênero e equidade de gênero também têm ganhado a devida relevância quando se fala em cultura organizacional. Para se ter uma ideia, a fatia de mulheres em cargos de chefia nas 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil cresceu de 11% para 42% entre 1997 e 2018, segundo dados da Folha de S. Paulo.

E, então, vamos conversar sobre isso?

Aqui, na Sodexo Benefícios e Incentivos, as diferenças são o tema central da nossa área de Diversidade e Inclusão, que atua em cinco pilares: Gênero, Orientação Sexual, Pessoas com Deficiência, Gerações e Cultura e Origens. Acreditamos que abraçar e combinar as diferenças é o que, no final do dia, permite gerarmos bons resultados para todos, sem distinção.

Leia mais:

Vídeo: acolher as diferenças é o segredo para equipes mais eficientes

Discriminação racial: por que ainda é tão desafiador falar sobre isso?

Por que a cultura importa?