Filtrar
PME

Como trabalhar ativamente na atração e retenção de talentos?

09/06/20 11:48

Um ponto-chave nesse processo é o empenho dos colaboradores, que ajudam, diariamente, a empresa a obter bons resultados. Leia mais no artigo.

O que as PMEs devem fazer para atrair e reter talentos

Estruturar e oferecer um local de trabalho que favoreça a atração e retenção de talentos é uma atividade indispensável para o sucesso das PMEs. Garantir o crescimento e a sobrevivência em um mercado que atualiza rapidamente não é fácil.

 

Também é importante levar em consideração que o ambiente externo tem mudado muito, pois as melhores empresas entram em uma disputa acirrada para recrutar profissionais engajados e talentosos.

Neste material, reunimos tudo que você precisa saber sobre atrair e reter funcionários capacitados no seu negócio. Também selecionamos algumas recomendações valiosas. Veja!

Quais são os benefícios de reter talentos nas empresas?

Não considerar as vantagens que a retenção traz para o empreendimento pode levar a um problema grave. Afinal, a perda de talentos causa prejuízos intelectuais e financeiros. Confira, a seguir, os maiores benefícios dessa prática organizacional.

Ambiente de trabalho mais próspero

Entre as competências e habilidades de profissionais talentosos está a colaboração. Em geral, eles sempre estão dispostos a contribuir e idealizar soluções para superar desafios, e isso cria um clima agradável entre a equipe. O ambiente laboral se torna acolhedor, favorecendo a jornada de trabalho de todos os envolvidos.

Foco no engajamento e produtividade

O empenho e a produtividade de talentos motivados pode inspirar todo o time. Quando todos estão alinhados e atuando a favor do mesmo objetivo, os processos conjuntos são realizados de maneira precisa e com maior rapidez.

Economia para a empresa

O desligamento de colaboradores gera custos altos para o negócio. Se existe um alto índice de turnover de talentos, a empresa deve arcar com os encargos trabalhistas e custear todo o processo de recrutamento e seleção para colocar outro profissional competente nos cargos ausentes. É por isso que investir na retenção desses funcionários gera economia em médio e longo prazos.

Atração de novos talentos

Quando uma PME retém talentos por anos, ela transmite credibilidade entre possíveis candidatos. Essa condição deixa seu processo seletivo disputado pelos melhores talentos do mercado.

Assim, é possível selecionar os que mais se destacam e retê-los, já que eles compreendem que estão em uma empresa vigorosa que zela pela sua permanência.

Vantagem competitiva

Ter um time de primeira categoria ajuda a obter sucesso em relação à concorrência, bem como definir uma forte presença no segmento de mercado em que seu negócio está inserido. Esse é um marketing positivo que pode garantir uma expansão futura.

Garante que a empresa não perca capital intelectual

Quando um talento mais experiente ou que realiza uma função-chave pede demissão, você perde capital intelectual. Isso porque o colaborador leva com ele todo conhecimento que detinha sobre as atividades da sua empresa. Além disso, você corre o risco de ele levar toda essa expertise para um concorrente.

Como realizar a atração e retenção de talentos?

Vistos os benefícios, vamos às dicas de como atrair e reter os melhores talentos na sua PME. Confira!

Otimize sua pesquisa de talentos

Quando o assunto é seleção de talentos, o RH precisa fazer seu melhor. Aqueles que são muitos bons no que fazem avaliam a empresa tanto quanto estão sendo analisados para um cargo. Logo, seus recrutadores devem garantir as melhores condições para encontrar os profissionais que mais se destacam.

Para isso, crie uma aba de carreira no site da empresa, destaque as descrições de trabalho, os benefícios (falaremos sobre isso a seguir), os eventos, entre outros fatores relevantes. Apenas lançar um anúncio básico e direto pode não gerar a audiência esperada. E quando você receber um ótimo currículo, aja depressa.

Ofereça um programa de benefícios atrativo e flexível

Os benefícios são fornecidos além das remunerações para atrair e reter talentos. Um programa de bonificações estruturado conforme as demandas e necessidades de cada colaborador pode melhorar sua qualidade de vida e gerar satisfação. Veja algumas sugestões:

  • vale-transporte;
  • vale-cultura;
  • auxílio combustível;
  • seguro de vida;
  • previdência privada;
  • acompanhamento psicológico.

Todas essas opções podem ser ofertadas à equipe. Além disso, é importante promover o aprendizado do colaborador por meio de capacitações de curta e longa duração, como cursos técnicos, pós-graduações, MBA, novos idiomas, entre outras. Tudo isso garante o desenvolvimento e a satisfação do time e levam ao aprimoramento profissional da sua PME.

Dê autonomia aos seus talentos

Um funcionário talentoso trabalhará melhor sem um superior monitorando cada procedimento realizado por ele. Como esses profissionais desejam autonomia para exercer seus cargos com maestria, confie neles. Assim, eles podem ter grandes ideias em prol do seu negócio.

Crie um senso de comunidade

Transforme sua empresa em uma comunidade em vez de separá-la em departamentos. Reuniões descontraídas e eventos internos são excelentes para estabelecer essa aproximação de forma natural.

Além disso, crie uma sensação de colaboração mútua para favorecer tanto o desenvolvimento pessoal quanto o coletivo. Promova tarefas que permitam aos talentos atuarem colaborativamente, a fim de compreenderem as limitações uns dos outros e agirem em conjunto. Dessa forma, você favorece a troca de experiências e garante o alto desempenho de todos os envolvidos.

Monte um bom plano de carreira

Hoje o mercado profissional vive uma era de forte transição dentro das organizações. Isso ocorre porque as companhias não planejam metas e objetivos aos talentos que fazem parte das suas equipes.

Portanto, traçar um plano de carreira, evidenciando exatamente quais responsabilidades e hierarquias cada talento pode conquistar na empresa, é uma maneira de deixá-lo empenhado para chegar até lá.

Para isso, é preciso compreender como os colaboradores desejam construir uma vida profissional na empresa. Realize uma pesquisa para levantar habilidades, competências e propósitos. A intenção é saber como cada um se vê atuando na empresa no futuro.

A partir desses dados, trace planos de carreira compatíveis com sua empresa. Estabeleça as normas de avaliação para delegar novas funções ou mudanças de cargo e em quanto tempo esse processo será feito.

Importante! Pode ser que alguns funcionários não estejam preparados para assumir a posição almejada. Nesse caso, ofereça treinamentos e estipule metas. Se eles cumprirem esses parâmetros, promova-os e forneça feedbacks constantes.

E então, aprendeu como trabalhar ativamente na atração e retenção de talentos? Esperamos que sim. Agora, basta colocar essas dicas em prática. Assim, sua equipe ficará mais tempo na empresa, além de servir de chamariz para candidatos de alto desempenho.

Gostou deste conteúdo? Aproveite que você chegou até aqui para conferir o que é salário emocional e como isso faz a diferença na sua empresa!