Filtrar
Sodexo Club

Verdadeiro ou falso: alimentação no calor

13/01/21 16:54

Curta o verão sem sustos, com essas dicas para se alimentar melhor nos dias quentes.

 

Como ter uma alimentação saudável no verão?

 

Mesmo na pandemia, o verão é um convite para aproveitar o calor ao ar livre e curtir os dias mais longos. No entanto, nessa época, no Brasil há um aumento de, em média, 20% no número de atendimentos médicos em razão de intoxicações alimentares e ingestão de alimentos estragados, segundo o Hcor.

Confira, a seguir, alguns mitos e verdades sobre alimentação no verão e aproveite os dias quentes com mais segurança.

Não preciso mudar minha dieta no verão.
Depende! Se você tem o hábito de consumir sal em excesso, carnes gordurosas, frituras e embutidos, vale à pena  aproveitar a estação para inserir ou aumentar o consumo de alimentos frescos na sua rotina, como verduras, frutas e legumes. Além de contribuir para sua hidratação, eles também são fontes de vitaminas, fibras e minerais que vão deixar você mais disposto no calor.

A digestão é mais difícil no calor.
Verdade.
Quando a temperatura está muito alta, o corpo também aumenta sua temperatura e isso pode tornar mais difícil a digestão dos alimentos. Por isso, evite refeições muito pesadas, principalmente se estiver na rua, porque mesmo o deslocamento do restaurante até o escritório embaixo do Sol forte pode trazer desconforto e má-digestão. Consumir saladas, carnes magras e frutas vão manter você seguro de uma indigestão e ainda podem virar um hábito para o ano todo!

No verão, posso trocar meu almoço por um açaí ou um sorvete.
Falso.
Nutricionistas recomendam que você não troque as refeições principais por um pote de açaí ou por uma taça de sorvete.O açaí é um alimento muito nutritivo (desde que consumido sem adição de outros produtos como leite condensado), mas não substitui o que seu corpo precisa numa refeição.Um picolé de frutas ou uma taça de sorvete também não vão oferecer os nutrientes de um almoço, e a segunda opção pode ser ainda ser muito calórica e contribuir para o aumento de peso.

Alguns alimentos deixam meu bronzeado mais bonito.
Verdade.
E não é uma questão apenas estética. Cenoura, mamão, abóbora, melancia e tomate podem contribuir para aumentar a fotoproteção da sua pele. E atenção: mesmo consumindo esses alimentos, o uso de protetor solar é obrigatório!

Posso consumir frutas à vontade no verão.
Falso.
Há pessoas que chegam a trocar uma refeição por um prato cheio de frutas no verão. Isso não é recomendado por diversas razões. As temperaturas mais altas deixam o organismo sobrecarregado. Por isso, é preciso manter uma alimentação equilibrada. Por mais saudáveis que as frutas sejam, elas não substituem, por exemplo, um prato de arroz com feijão. Consuma as frutas em outros momentos, como café da manhã, sobremesa e/ou lanche da tarde. Vale lembrar também que as frutas têm o próprio açúcar (frutose) e algumas são mais calóricas que outras - como o abacate. Equilíbrio é a palavra-chave.

A comida estraga mais rápido no calor.
Verdade.
Por isso existem as geladeiras! Se for comer fora de casa, verifique as condições de higiene do local onde vai consumir alimentos e evite comer quando não souber a procedência . Também é preciso tomar muito cuidado com a conservação da comida na sua própria casa: não deixe alimentos cozidos na temperatura ambiente e, se sobrar, congele com segurança! Para aprender a congelar em casa, baixe um e-book sobre congelamento de alimentos do programa Viver Bem, da Sodexo.

Leia mais sobre o assunto:

Baixe o e-book: alimentação saudável na pandemia

10 passos para comer melhor